Essa tal de Lena…

Escrevi essa semana sobre a Lena pro Blog do Noblat. E não é que a menina ganhou o concurso?

Por aqui está todo mundo vidrado numa menina chamada Lena Meyer-Landrut. Percebi isso em um domingo vendo a capa de um dos jornais mais importantes da Alemanha, o Die Welt, e lá estava: Lena e o título “por que a Alemanha adora essa menina?”. Fui investigar, mas a resposta estava ali na grande fotografia que ilustrava a matéria: Lena é uma fofa.

Lena Meyer-Landrut é a escolhida do público alemão para participar do Eurovision Song Contest 2010 em Oslo (cuja final acontece no dia 29 de maio). Esse concurso e sua popularidade era uma incógnita para mim. Afinal, não é a mesma coisa que um American Idol, só que global, ou melhor, europeu? Não, não é.

São 39 artistas, 39 músicas, 39 países participantes, de Portugal a Lituânia, da Sérvia ao Azerbaijão (sem preconceito), que depositam toda sua esperança em um mundo melhor, literalmente, no artista escolhido de cada país. Além da esperança, algo muito maior está em jogo: a auto-estima. O Eurovision Song Contest foi idealizado nos anos 50, na época de uma Europa ainda devastada pela Guerra. Alguns países se recuperaram, outros não. Pegue uma Romênia, por exemplo. Não acontece muita coisa lá, mas eles botam muita fé nos incríveis Paula Seling & Ovi com o hit “Playing with fire”, e um clipe onde aparecem com bolas de fogo nas mãos e cabeleiras esvoaçantes. Taí uma lição para recuperar a auto-estima de um país: bolas de fogo em clipes.

Depois de estar por dentro do grande acontecimento de grande importância, principalmente para os países terceiro-mundistas da Europa, a se passar daqui a 4 dias na Noruega, havia uma pergunta que não queria calar. Por que diabos a Alemanha, o país da auto-estima mais elevada do mundo, estava se importando tanto com o Eurovision Song Contest 2010? Acertou. Era só por causa da Lena.

A música com a qual ganhou o concurso interno na Alemanha (“nossa estrela para Oslo”) chegou rápido às rádios. Chama-se “Satellite”, é em inglês e Lena dá uma leve forçada de barra num sotaque britânico, mas os alemães perdoam, porque ela é simplesmente muito fofa. Melhor: Lena é a versão melhorada do ursinho Knut.

Na mídia a gente já sabe como é: crises, guerras, caos, atentados, tragédias naturais e a trajetória da notícia ganha altos ou baixos de acordo com o número de mortos, vôos cancelados ou crianças molestadas que se dispõe a divulgar. Contudo, de vez em quando vem um ursinho Knut da vida ganhar as páginas dos jornais mais sérios e renovar a esperança da população em um futuro onde os líderes estejam cagando e andando, desculpem, para as armas nucleares.

Desde que Knut cresceu, foi pra faculdade, formou família e sua fofura dissolveu-se em meio aos traços da idade, a Alemanha nunca mais teve um ídolo isento de julgamentos morais e totalmente adorável. Sabe como é, o sobrenome do alemão é reclamação. Mas desta vez, não têm nada a reclamar. No alto de seus 18 anos Lena é perfeita: bonita, talentosa, carismática, simpática. Opa! Lolita alert?

Não. O jornalista Richard Herzinger, autor da matéria do Die Welt que citei no início, explica: “quando me refiro ao certo charme infantil de Lena, não tem nada a ver com alguma eventual alusão de Lolita. Lena vem de boa estirpe e é um ídolo honesto e assexuado válido para toda a família! Ela é como a Alemanha de hoje gostaria de parecer: inocente, cabeça-aberta, moralmente íntegra e ainda um pouquinho crazy”.

Sem apelar para artifícios de ninfeta para vender os discos (ou downloads), leia-se, dancinhas sensuais com roupa de colegial, a Lena é bem normal e por enquanto está concentrando-se só na música. Não é uma Donna Summer, mas também não é uma Britney Spears. Sequer uma Lilly Allen (cof, cof, grande coisa), muito menos uma Sandy. Mas, definitivamente, um Knut.

Esse post foi publicado em Música e marcado , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Essa tal de Lena…

  1. ana borba disse:

    no eurovision desse ano o potencializador de auto-estima foram as roupas esvoacantes e o mega-vento na cara… hua!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s