Wander Wildner em Berlim

O Wander Wildner está com disco novo e passou um tempo em Berlim compondo. Pelo visto se inspirou com a atmosfera da cidade. Aí saiu com esse clipe aí, dirigido pela Denise Garcia. Ficou até legal o clipe, bem feito e tal. Mas porra, muito escrota essa música. Acho que ela define a palavra “escrotidão”. Se pelo menos fosse uma escrotidão assumida, como sempre foi a “coisa” do Wander Wildner, mas não. Dessa vez rola uma metáfora histórica com as imagens, uma abordagem meio séria da parada. Será que há uma ironia presente no conjunto da obra que eu não percebi ainda?

Não dá pra levar a sério.

É piada né?

Esse post foi publicado em Música e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s