Schweineschmalz – ou uma ode ao porco


É o seguinte, eu comecei a gostar de comer gordura de porco no pão, tipo manteiga (mas é banha de passar na faca). Minha mãe é nutricionista e não vai gostar nada de tomar conhecimento disso. Pois bem, contarei a minha saga com a famigerada Schweineschmalz (que no Brasil só serve pra fritar e assar né?).

O negócio é que a Alemanha tem uma idolatria pela entidade PORCO, como se ele fosse tipo as vacas da Índia (com a diferença que aqui eles comem a vaca, ou melhor, o porco). É difícil vir com a história “não como carne de porco”. O que você é, um ET? Até as sacolinhas de plástico têm a temática Porco em suas estampas. Essa aqui embaixo, por exemplo, eu ganhei fazendo compras num açougue aqui perto de casa. É um açougue de família, mas quem toma conta são só mulheres com mechas bavarianas.

Esta sacola achei tão fofa que já quero emplacar como “décor”.

Um dia estava no ponto de ônibus e encontrei a seguinte pérola:

Sim, é um jogo de dados com porcos ao invés de dados. Isso foi no inverno do ano passado, mais ou menos em dezembro. Nunca esqueci dessa cena. Estava nevando, não tinha viv´alma na rua nem no ponto. Os longos 10 minutos de espera num frio de -10 graus celsius não iriam terminar nunca se não fosse o jogo de dados com porcos ao invés de dados e a distração fantástica que eles me proporcionaram. Apenas a contemplação de tal objeto me deixou totalmente anestesiada. Naquele momento desejei ter um doutorado em relativismo cultural para entender o fenômeno.

Foi aí que decidi dar mais uma chance ao porco, que no Brasil às vezes é tão marginalizado como carne de segunda. Pois aqui até as tetas da vaca estão na mesa da crasse média. É sério. Adoro como os alemães nao têm muitos preconceitos (=frescuras) com comida. Você pode economizar muito comendo fígado de frango a semana toda. Uma coisa que seria impossível se eu morasse em Paris. Me sentiria meio excluída.

Mas voltando à banha do porco.

Na Schweineschmalz vem cebola frita, pedacinhos de maçã, ervas e tudo o que torna o conjunto da obra mais orgânico e crocante, porém ainda é banha de porco que você passa na faca e come assim na maior como se fosse requeijão. Aliás, meus tempos de requeijão light estão definitivamente enterrados depois do advento Alemanha.

No início eu me recusava a ingerir o alimento por achar “nojento” demais. Mas com o passar do tempo e também com a mania de tentar comer coisas mais orgânicas na vida (requeijão light e demais produtos do setor químico “leve” dos supermercados estão fora da lista), me rendi à banha do porco, porque vamos combinar: é super orgânico. Além do mais o negócio é ainda mais barato que uma caixa de fósforos.

Enfim, não dá pra fugir do porco.

Esse post foi publicado em Comida e marcado , , . Guardar link permanente.

8 respostas para Schweineschmalz – ou uma ode ao porco

  1. ana borba disse:

    perto do mett o schmalz é fichinha, ó… mas num conta pra tua mäe näo!

  2. Mariama disse:

    CARAAAAAAAAAAAAAAAA eu comi mto isso
    por isso engorei os 20 kilos alemães
    meeeeeeuuu deusss..deu até vontade de comer…issso é mto bom no inverno msmo…sei la comida gurdurosa e frio congelante…é o cardápio de um inverno duro hahaha

    tbm acho que falta um do leberwurst…eu e o Luiz (aquele que eu fui na sua casa com ele e o stevao arrumo a bike) entao eu e ele achavamos que se chamava lebenwurst (a salcicha da vida) a genteeeeeee mijooo de rir quando descobrimos depois issso!!!!
    beijooos

  3. Lilian disse:

    hahaha, adorei o post, falta um sobre o Leberwurst, vc gosta?

  4. Denise disse:

    Quero provar,tem uma cidade no interior de Minas que eles usam só gordura de porco para fazer os alimentos e foi feito um estudo para ver como estava o nível de gordura no sangue e pasmem: tudo normal

  5. Interessantíssimo! Faça uma postagem sobre o jogo. Eu e a nerdlândia adoraremos.

    Gilson

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s