A Oktoberfest e um jovem chamado Gundolf Köhler

Há 200 anos casavam-se o então príncipe Ludwig I da Baviera com a então princesa Teresa de Saxe-Hildburghausen. Para comemorar ofereceram uma festança de quatro dias na cidade para o povão. A festa, apesar de alguns cancelamentos ao longo dos séculos por conta de eventuais guerras mundiais e crises financeiras decorrentes de grandes depressões, já dura um tempão: a Alemanha comemora em 2010 os 200 anos da Oktoberfest.Infelizmente a história da „Wiesn“ não são só cervejas e rosas. Há também exatos 30 anos outra lembrança trágica marcou a história da Oktoberfest e também da Alemanha: o ataque terrorista mais sangrento da história do país desde o término da Segunda Guerra, assim ficou conhecido o Oktoberfest-Attentat.

Leu o texto de ontem?

Esse post foi publicado em História e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s