Dica de bandzinha: BOY

Este post é para registrar o descobrimento de uma banda de pop alemão ouvível no repeat. Afinal, a quem estávamos tentando enganar? Wir Sind Helden, Klee, Zwei Raum Wohnung, Peter Fox…todas essas bandas e cantores são muito bacanas, mas…tem uma hora que você não aguenta mais, amigo. Cantar no banheiro em alemão dói na garganta. Parece que a língua oficial do pop é mesmo o inglês (ou no máximo a nossa língua materna, com quem temos uma relação mais íntima). Só em inglês mesmo que conseguimos achar o máximo umas letras super bestas sobre garçonetes.

Sendo assim, gostaria de apresentá-los ao BOY.

São duas alemãs da nossa idade (ok, um pouco mais novas…) que fazem canções muito legais, muito bonitas, e mais importante de tudo: dá tranquilamente pra deixar no repeat. Arrisco dizer que elas são uma versão feminina do Kings of Convenience. Mas depois de tanto repeat elas já soam como um Coldplay de saias. Mas ouvindo também lembro de Aimee Mann, Charlotte Gainsbourg, Phoenix, etc.

Para o vídeo do single Little Numbers elas escolheram aparentemente e bem inteligentemente mostrar alguma trip que fizeram pela Itália, Espanha ou algum país não-escandinavo que não consegui identificar exatamente, apelando para o frenesi que os alemães têm pelas terras quentes.

BOY é uma renovação no chatíssimo panteão do pop alemão. Sim, todo aquele papo de Hamburger Schule é pra boi dormir. Pronto, amigo, falei.

E o melhor de tudo (além desse nome fantástico!): as meninas Sonja e Valeska parecem  super normais, cara! Posso estar enganada, mas eu as achei bem espontâneas e não hipsterizadas ou afetadas. Estou realmente muito CHATONA pra bandas novas porque parece que sempre vem primeiro um conceitinho hipster-vintage-bisavô vibe-barbicha-insira aqui algum revival, depois a música.

Escutei BOY por acaso e me apaixonei.



Esse post foi publicado em Música e marcado , , , . Guardar link permanente.

10 respostas para Dica de bandzinha: BOY

  1. amanda disse:

    Tenho quase certeza que o clipe little numbers é em barcelona mesmo! As varandas, o mercado da boqueria, o morrão perto do parc guell, as bandeirinhas parecendo de festa junina e no final aquele prédio modernoso no bairro universitario na beira da praia!

  2. catbamboo disse:

    legal essa dica! na verdade ja ouvi a primeira musica no radio algumas vezes , mas nunca soube quem cantava. o blog todo é bem bacana, parabens!

  3. Viviane disse:

    Conheci seu blog hoje e estou curtindo bastante. Está de parabéns, vou continuar acompanhando…
    Só um comment sobre esse post, a cantora na realidade é suíça, não alemã.
    Eu ouvi falar de Klee pela primeira vez aqui hoje. Achei legal para dar uma praticada no alemão, mas tão popzinha… Tem alguma dica de banda que alie um alemão não tão complexo e autenticidade?!
    Abçs!

    • Tamine Maklouf disse:

      Oi Viviane! É verdade, a cantora é suica. Mas nao achei relevante colocar no post, visto que ela veio ainda crianca pra Alemanha (Munich, se nao me engano).
      Bem, o conceito de autenticidade é meio relativo né? Nao sei, nao…vou pensar! Beijos!

  4. Rosane Prando disse:

    Gente, tenho um concorrente a altura para o prêmio de pior genero musical pra ouvir em alemão: RAP!

  5. pedro disse:

    Sempre que posso acompanho o teu blog, muitas curiosidades sobre esse povo e sua lingua impar, dizer que curto a Alemanha é o minimo que posso dizer.

    Resido no NE do Brasil, numa cidade pequena do interior da paraiba, enfim, escuto quase tudo que se toca em alemão, meio no auto-didatismo estou me enveredando pelo idioma, por isso mesmo acho legal conhecer novas bandas ou filmes que ajudem a ampliar esse leque cultural

    Talvez para quem resida na Alemanha seja realmente sacal ouvir Wir sind Helden, Klee, TON, Bosse, Silbermond ou Luxuslärm no repeat, isso ficando só nas bandas pop, mas, para nós pobres brasleiros mortais, bandas na lingua alemã são sempre bem-vindas, não acho sacal e posso te dizer que ouço musica em alemão quase todos os dias.

    Claro que cantar em inglês é mais facil, realmente cantar em alemão em algum momento dá um nó na garganta, mas, como disse antes, para os iniciantes na lingua, ainda é a melhor pedida, treina principalmente o ouvido, no meu ponto de vista, é o essencial para tentar entender a lingua.

    Por isso, pra mim, bandas alemãs que cantam em outro idioma é o mesmo que curtir a banda Angra, banda brasileira que canta em inglês, vulgo Iron Maiden do Paraguai….hehehehe…

    Parabéns pelo blog,
    Um Xêro caloroso daqui do Nordeste
    Pedro Fernandes

    • Tamine Maklouf disse:

      oi Pedro, obrigada pelo seu gentil comentário. No caso das bandas alemãs que cantam em inglês, sei lá, é foda admitir, mas acho que soa melhor. alemão não é uma língua sonora, na minha opinião. pelo menos não para música pop. assim como kraftwerk em italiano tambem não funcionaria muito…ehehheheeh Beijos!

  6. elas já täo no meu repeat há algum tempo… adoro a letra de Army,
    mas o que eu gostei mesmo foi o “da nossa idade”… =)

  7. Rogério disse:

    Elas não cantam em alemão? Vi o calendário de shows e elas não passam (obviamente) no langweilig Hessen.

    (está escrito “horari” num buteco na filmagem do clip e um velhinho tem um boné com movoequip; segundo seu google seria na catalunha)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s