Guia indispensável de como fazer amizades na Alemanha

Olá a todos meus amigos, virtuais ou não! Pois é, essa vida de Ausländer tem dessas coisas: tem hora que você tem mais amizade virtual que real – amigos e família do Brasil é tudo virtual, ok? Isso às vezes é um problema sério. Mas eu estou aqui para sanar este vosso problema. Com vocês, o GUIA INDISPENSÁVEL DE COMO FAZER AMIZADES NA ALEMANHA.

Para fazer amizades na Batatolândia, é preciso entender um pouco sobre como funcionam os processos sociais entre alemães, como nascem, como se reproduzem. Depois de vencida essa etapa, pode-se passar para a parte prática. Basicamente, os alemães são muito amigáveis e adoram fazer novas amizades. O negócio é saber qual é a deixa para não dar uma de desesperado.

Bem, vamos logo para a parte prática.

  • SEJA VIAJADO E TENHA VÁRIAS HISTÓRIAS DE TERRAS EXÓTICAS PARA CONTAR

Já falei muitas vezes que alemão é o turista mais intenso do mundo. Ao viajar, é comum que eles mergulhem na história do destino, mesmo que às vezes superficialmente. Mas ainda assim, são sempre ouvidos para relatos e histórias de viagem. Você conquista qualquer alemão contando como foi sua viagem pela Amazônia (ops, foi mal, só os gringos fazem viagens pela Amazônia).

  • FUME

Pois é, amigo, eu não fumo. Mas me arrependo. Queria fumar muito, ser uma chaminé humana, exalar tabaco por todos os poros do meu corpo pois este, sim, é o ultimate fazedor de amigos. Com a ajuda de um cigarro você chega em qualquer pessoa, em qualquer ambiente, em qualquer situacão, sem a desvantagem de estar bêbado. A peculiaridade da Alemanha, e da Europa como um todo, é que aqui as pessoas enrolam o tabaco no papelzinho, porque sai mais barato, além de proporcionar momentos únicos de bonding enquanto você bola um cigarrinho. Portanto, fume, fume muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito.

  • TENHA UM FILHO (OU DOIS)

Já que eu não fumo, resolvi colocar em prática o segundo método mais eficiente: ter filhos. O efeito já aparece na gravidez. É hidroginástica pra lá, curso de parto pra lá, acupuntura grupal pra cá, encontros de gestantes pra lá, que você se sente em um mundo só de grávidas. Depois que o bebê nasce, é massagem de bebê em grupo pra lá, curso de ginástica pós-parto pra cá, natação de bebês pra lá, curso de como amarrar sling pra cá, grupo de amamentação pra lá, grupo de engatinho pra cá…e a lista só aumenta. Com tantos compromissos sociais, não é à toa que a licença maternidade aqui seja estendida!

  • ASSOCIE-SE

Alemão tem mania de Verein (associação). É Verein de ajuda ao terceiro mundo pra lá, é Verein de cuidadores de avestruz pra cá, é Verein de amantes de vinhos chilenos pra lá, é Verein de fotografia analógica pra cá…Se você tem algum interesse ou hobby, comece a procura porque com certeza existe um Verein na sua cidade para isso!

  • FAÇA O TIPO ÉTNICO

Este item é uma extensão do item sobre relatos de viagem. Muitos alemães “decepcionados” com a cultura odidental (ainda vou escrever um post sobre eles), viajam para alguma terra distante e exótica, tipo Índia (#eatpraylovefeelings) ou alguma tribo indígena para se autoredescobrirem. Depois voltam para o país cheios de etno souvenirs para decorar o apartamento. Se você fizer o tipo etno-hippie-religião alternativa com certeza vai conquistar muita gente.

  • VÁ A IGREJA

Eu não vou à igreja (ok, só turisticamente), entao a dica não tem comprovação empírica da minha parte. Mas conheço muita gente que fez amigos indo à igreja, inclusive alemães (não tá fácio pra ninguém, gente!). Mas antes faça uma pesquisa sobre as diferenças religiosas na Alemanha para não pagar mico. Um estudo de vocabulário também é recomendado. Por exemplo, evangelisch quer dizer luterano/protestante e não evangélico.

  • SAIBA DE COR NOMES DE FRUTAS BRASILEIRAS OBSCURAS QUE NINGUÉM CONHECE

Já me perguntaram várias vezes “quais as frutas que tem no Brasil e não tem na Alemanha”. Se na época eu soubesse dizer vários nomes assim na espontaneidade, teria feito altas palestras para interessados. Outra coisa que vale é também explicar como se faz Maniçoba para alemães. Mas acho que isso já entra em outra lista do tipo “como entreter multidões na Alemanha”.

  • SAIA DO SEU GRUPINHO “ZONA DE CONFORTO”

Saia mesmo. Sei que é confortável ficar onde está, com seu grupinho de 3 estrangeiros amigos, entre eles 2 brasileiros. Quer um conselho amigo? Leve eles pro Verein, pra fumar, pras palestras sobre budismo, pro encontro de gestantes.

  • SEJA FALANTE, EXTROVERTIDO, MESMO QUE A DURAS PENAS

Let´s face it: você, brasileiro ou brasileira, vai ter que correr atrás, porque está em desvantagem. Sozinho no país, ninguém vai bater na sua porta dizendo “oi, quer ser meu amigo?” Aliás, nem na gringa nem no Brasil né? Quando me mudei para Brasília em 2001 custei a fazer amigos por lá, pois acreditei no mito de que “o brasiliense era frio”. Meu conselho: não comprem esse papo de povo frio! Corra atrás, pague micos, se envolva, seja cara-de-pau.

Boa sorte!

Esse post foi publicado em Costumes, Listas e marcado , , . Guardar link permanente.

28 respostas para Guia indispensável de como fazer amizades na Alemanha

  1. elias disse:

    meu sonho e conhecer alemanhá

  2. isaura disse:

    Good afternoon i am isaura I like have friend to chat thank you

  3. Jocilene kongehl disse:

    Oi gente estou na Alemanha e não conheco ninguém quero mt fazer amizade moro em Hamburg

  4. Manu disse:

    Olá! Saiba que Deus te ama tanto que enviou seu único Filho Jesus Cristo para te Salvar! Não perca mais tempo entregue sua vida a Jesus, aceite-o como seu único e suficiente Salvador de todo o seu coração. Leia a Bíblia e a obedeça! Busque a Deus todos os dias da sua vida, vale a pena viver para a Glória Dele! Se entregue a Cristo como estiver, Ele sempre vai te aceitar! Que Deus te abençoe😀

  5. leoneide faustino do nascimento disse:

    tenho grande admiração pelo povo alemã.

  6. Cassie disse:

    Ois
    Eu queria saber como que eu faco para conseguir namorar um garoto(adolescente) que nem eu aqui na Alemanha.
    Tipo,como conquista-lo?
    Ele e Romantico e quente

  7. Elivaldo Lima disse:

    Desejo fazer amigos na Alemanha, estou em RJ

  8. Beatriz disse:

    Ai gente, adorei, pronto, tá explicado agora pq vivo aqui na Alemanha há dois anos e não tenho amigos UHAHUAHUA não fumo (nem bebo, pronto já perdi 99,99% das amizades em potencial), não tenho filhos, não faço parte de nenhum Verein, não sou étnica (?) etc mas não tem problema gente, sou como sou e não mudarei UHAHUA eles que me aceitem, vão ter que me engolir okkkk

  9. Cristiane Marilene Banzhaf disse:

    eu quero e preciso fase amisade aqui vivo em stuttgart

  10. Isabel disse:

    Muito interessante e até engracado o seu post. Moro há 10 anos na Alemanha e de fato é muito difícil fazer amizade com eles, mas por outro lado, eu acho as amizades duradouras.
    Às vezes me dá a impressao que tem que nascer aqui para poder fazer amigos já da infancia e levar para a vida toda.

  11. Tô na Alemanha há 3 semanas e acho que vou começar a fumar e a almoçar no Mensa (por mais que a comida seja ruim) com frequência pra ver se arrumo amigos por aqu hein, tá osso!

  12. olá,amigos sou de fortaleza-ceara,tenho 48 anos casado e tenho 3 filhos.Estou a procura de amigos e amigas para conversar.Eu conto como é o brasil e vcs me dizer como é o seu país.

  13. Marcia disse:

    Olá, bom, eu não sigo nada disso porque sou uma brasileira roqueira agnóstica que tem horror a cigarros e não é mãe, mas ainda assim tenho amigos alemães aqui – poucos, mas tenho. Essa dica do fumo, aliás, é muito infeliz, espero que um dia eles descubram que é possível ter amigos sem fumar e que cigarro só serve mesmo para deixar as pessoas mais pobres e doentes. Mas sair da zona de conforto é uma boa dica não só para fazer amigos, mas para tudo na vida!

    • Tamine Maklouf disse:

      Marcia, também tenho horror a cigarro, olha. A cada dia fico mais radical. Mas nao podemos negar que às vezes ele agrega desconhecidos em busca de um objetivo: ficar doentes! Ahahahahahaha! Beijos e volte sempre!

  14. Grazie disse:

    Realmente fazer amigos não é tarefafácil, mas acho que é assim em qualquer lugar do mundo. Estou há quase 4 meses na Alemanha, não fiz nenhum amigo alemão e a rodinha de brasileiros e indianos que convivo são apenas conhecidos, não os considero amigos de verdade. E cada dia que passo aqui, aprendo a dar valor aos meus féis amigos que estão no Brasil. Mas fazer contatos é sempre bom, sempre bom ter convites pra alguma atividade, e a partir daí sim pode vir alguma amizade.

  15. Pingback: Wie trifft man Freunde in Deutschland. Como fazer amigos na Alemanha. «

  16. Nat disse:

    oi, Tamine, tudo bem?

    Sou jornalista, leitora do seu blog há tempos, e estou fazendo uma matéria sobre alimentos com algum tipo de “controle” de origem. Lembrei da história das salsichas da Meine Kleine Farm e acho que seria um exemplo muito bom pra minha matéria.

    Vc sabe como eu faço para entrar em contato com eles? Falam inglês?

    E vc sabe me dizer se a “moda” de privilegiar comida local já chegou por aí?

    Muito obrigada!

  17. Tiago Cruz disse:

    Ótimas dicas mas, sei não, Tamine.
    Só me encaixei nos três primeiros itens.
    Acho que ia ficar bem solitário na Alemanha…
    Abs.

  18. Ana Borba disse:

    e eu aqui fazendo tudo errado,.. =/

  19. Emília disse:

    Além dessas, fica a dica aqui: faça Tandem! E chame seu amigo/amiga alemão/alemã pra aula de dança! De preferência de salsa, que eles acham que vem do Brasil.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s