Dica de filme: Russendisko (2012)

Russendisko-OST

O cinema alemão vem mais uma vez nos surpreender (#sóquenão) com uma comédia de temática pós-queda do Muro de Berlim, mas desta vez sobre um tema bem específico: os russos com ascendência judia que imigraram para a Alemanha antes ou logo após a queda do Muro de Berlim. Antes da queda, nenhum russo queria ser judeu. Mas depois que Gorbatschov caiu…todo russo queria ser judeu!

O filme já vale a pena por mostrar esse interessante capítulo da história alemã que eu não conhecia (entre outros milhões, né?). Mas é ainda engraçado, os atores sao ótimos (e gatinhos) e o roteiro super amarradinho. Pra ver comendo pipoca no domingo à noite!

O filme é baseado em um livro homônimo do escritor alemão de origem russo-judaica Wladimir Kaminer. Na verdade, o protagonista também se chama Wladimir, um jovem que em 1990, no auge dos seus 20 e poucos, ganha a cidadania da República Democrática da Alemanha, e logo depois a alemã. Em uma Berlim oriental recém-ocupada (a.k.a abandonada), Wladimir e uns comparsas russos que também foram contemplados com a cidadania, abrem uma discoteca, er…a tal da Russendisko. No meio tempo, se metem em altas enrascadas românticas. Mas não vou contar mais.

Uma pena que o trailer faz o filme parecer um “The Hangover” alemão.

E se quiser comprar o livro Russendisko, aqui está. Eu não conhecia esse autor, mas fiquei bastante interessada nos outros títulos dele! Sua temática of choice, crônicas berlinenses (e como russo, pode descrever com mais propriedade o que foi o “experimento socialista” como ele mesmo se refere), é uma catiguria nobilíssima no mercado editorial alemão atualmente.  Olha aí uma pequena entrevista que achei.

russendisko

O escritor Wladimir Kaminer e o ator que faz o Wladimir, Matthias Schweighöfer (em breve, em um #alemaesqueamamos perto de você).

Esse post foi publicado em Cinema, DDR, Ostalgie e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Dica de filme: Russendisko (2012)

  1. vai pra lista. junto com os outros 256461564156 mil filmes (näo alemäes) que deixei d ver por pura preguica de ver filme sincronizado no cinema… =/

  2. Tamine Maklouf disse:

    Oi bródi! Legal que conheces o autor e podes dar uma opiniao fundamentada. Depois me empresta o livro? ehehheheheh Eu confesso que durante a entrevista senti uma pontinha de vergonha alheia em algumas respostas. Bem, nao é um Jose Saramago.
    Bjs!

  3. daysefreitas disse:

    Legal que assististes o filme, pois eu ainda não tive oportunidade de ver! A propósito, esse doido faz uma festa há anos lá no Kaffee Burger (não sei se o nome do filme foi inspirado na festa) com o mesmo nome em um “bar-discoteca” lá perto de onde a gente morava (custa só 5 dinheiros hihihihi). Eu li o primeiro livro dele, mas já me disseram que os outros vão ficando chatos depois:-/ (Kokko que me apresentou os livros deles, uma vez)

    O último foi um que chama “meine kaukasische Schwigermutter”, acho….sou curiosa pra ler.

    Valeu a dica do filme!!!
    Bjo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s